19 de janeiro de 2010

ROTEIRO PARA REALIZAÇÃO DO "CULTO DO EVANGELHO NO LAR"


1º) Escolher um dia e uma hora da semana em que seja possível a presença de todos os elementos da família, ou da maior parte deles. Observar rigorosamente, o dia e hora da reunião para facilitar a assistência espiritual.

2º) Iniciar a reunião com uma prece, simples e espontânea, em que, mais que as palavras, tenham valor os sentimentos, evitando, portanto preces decoradas.

3º) Fazer a leitura metódica e seqüente, de “O Evangelho Segundo o Espiritismo” e leitura de mensagens de obras subsidiárias.

4º) Fazer comentários breves sobre os trechos lidos, buscando sempre a essência dos ensinamentos de Jesus, para a sua aplicação na vida diária. A reunião poderá ser dirigida pelo chefe da casa, ou pela pessoa que tiver maiores conhecimentos doutrinários, a qual deverá incentivar a participação de todos os presentes, colocando as lições ao alcance de menor compreensão.

5º) Fazer radiações pelo lar onde o Evangelho está sendo estudado, para os presentes, seus parentes, amigos, etc...

6º) Relembrar sempre que é dever de todos os que procuram viver o Evangelho, concorrer, sem esmorecimento:
a) para a paz na Terra;
b) para a implantação e a vivência do Evangelho em todos os lares;
c) para o entendimento fraternal entre todas as religiões;
d) para a cura ou melhora de todos os enfermos, do corpo ou da alma, minorando seus sofrimentos e suas vicissitudes;
e) para o incentivo dos trabalhadores do Bem e da Verdade.

7º) Fazer a prece de encerramento.

8º) Duração da reunião é relativo a cada família, no entanto é recomendado o período de 30 minutos a uma hora, no máximo.

9º) A presença de visitas não deverá ser motivo para a não realização do Culto, convidando-se os visitantes a dele participarem;

10º) Se de imediato você não encontrar a compreensão de todos os familiares para a realização do Culto, não se aflija e nem recrimine, faça sozinho, se for necessário, porque somente o seu exemplo de amor e tolerância será capaz de conquistar os corações daqueles que ainda não podem compreender os seus elevados ideais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário