26 de março de 2010

POR QUE TE QUEIXAS?


Tuas mãos calejadas testemunham os anos e anos de lutas e decepções!
Não te desesperes, contudo! Olha ali à frente: Milhares e milhares de irmãos nossos que não têm um teto para o merecido repouso...
E, um pouco mais adiante, crianças em tenra idade, catando restos de comida nos lixões da cidade!
Nestas horas de tristeza e dor, lembra-te do querido mestre Jesus que, deixando as fulgurações estelares, veio à Terra para exemplificar o amor e a humildade.
E Ele, caro amigo, sequer tinha uma pedra onde encostar a cabeça!

Cornelius

Como encaram os guias espirituais as nossas queixas?
Muitas são consideradas verdadeiras preces dignas de toda a carinhosa atenção dos amigos desencarnados.
A maioria, porém, não passa de lamentação estéril, a que o homem se acostumou como um vício qualquer, porque, se tendes nas mãos o remédio eficaz com o Evangelho de Jesus e com os consoladores esclarecimentos da doutrina dos Espíritos, a repetição de certas queixas traduz má vontade na aplicação legítima do conhecimento espiritista a vós mesmos.
Pergunta extraída do livro "O Consolador", por Emmanuel, psicografada por Francisco Cândido Xavier

Nenhum comentário:

Postar um comentário