1 de janeiro de 2012

ANO VELHO, ANO NOVO – HOMEM VELHO, HOMEM NOVO


O tempo sempre é o mesmo. Ele que tudo renova de maneira irreversível, não conhece nada velho e nem deixa nada envelhecer, de vez que tudo esta sujeito a sua ação transformadora.
Na sua química prodigiosa, renovam-se mundos e seres.
Assim sendo, passado e futuro, estão no seu eterno presente, e vez, nós é que passamos pelo tempo, não este por nós.
Homem Novo é aquele que substitui os hábitos inferiores pelas nobres qualidades de caráter; é aquele que abandona as paixões e os desencantos de ontem, pelo amor puro, adquirindo assim, uma nova visão da vida.
O tempo que viu a transformação de Saulo de Tarso em Paulo e de Zaqueu, o usurário, em homem de bem, é o mesmo de hoje. Nem sempre nós temos a
coragem de nos renovar, dia-a-dia na riqueza do tempo, que é dádiva de DEUS comum a nós.
O ANO VELHO continuará o mesmo para aquele que não se renova e o ANO NOVO será sempre dádiva e benção para todos quantos se deixa renovar, pela divina influência do CRISTO de DEUS.
Texto de Jerônimo Mendonça. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário